Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Diário de Bordo - Frágil Domínio


Frágil Domínio

Não te quero
Não quero teus olhos
Não quero tua boca
Teu pensamentos, sentimentos, teus desejos...
Não quero, acima de tudo
Tuas palavras... doces... fugazes... mordazes..
Que podem invadir minha mente
Criar sonhos, êxtases, fantasias...
Que podem invadir meu mundo
E te fazer presente, onipotente
Que podem construir castelos...
Todos de areia...
Todos em seu nome
Sob o seu poder, força e lascívia...
Estes são os meus domínios
E não te quero aqui
Porque sei que és transitório
És arco-iris em fim de chuva
És brisa mansa na praia
És fogo e tempeste...
És por-do-sol...
Que se vai...
Mas fica o tempo suficiente
Pra nunca ser esquecido
Nunca deixar meus sonhos
Nunca abandonar meus desejos
E ainda assim...
Nunca mais voltar...
Não quero vc
não por medo
mas pelo descontrole
pelo descompasso
pelo tanto que faço e desfaço
pelo tanto que eu cedo, que eu sinto
quando ainda sei
Que não vais mais estar aqui
E ainda assim...
Estarei eternamente em tuas mãos.

14 comentários:

Adriana Araújo disse...

Linda poesia.

É assim que ,e sinto quando me apaixono: nas mãos do meu amor!

Superbeijo!

Barão Van Blogh disse...

Foi um prazer passar por esta página encantada .

"...Enfeitiçantes estas cores irão fazer
Uma imagem encantada na tela aparecer..."


Um delicado beijo .

Carlinha disse...

Lindo.....

beijoooooooooooooooooos

Carlinha disse...

Lindo.....

beijoooooooooooooooooos

Flávia disse...

Mi, cada vez que venho por aqui me surpreendo com as suas nuances.

E olha, quero ouvia a tua música, viu? Não desiti não (rsrsrs).

Beijo!

Marcus Vinicius disse...

Perfeito!!!!

Parabéns! Está lindo!!!

PS: Obrigado pela visita! Apareça sempre! bjs

Renata disse...

ai ai...deu vontade de copiar e enviar pra um desses "não quero" rs.r.s.r.w. mto lindo!
bjos

Danilo Moreira disse...

Lindo. Por isso q eu digo faça arte com os teus sentimentos, pq as vezes eles passam, mas a arte fica.

Bjs!!!!

Fique a vontade para visitar o meu blog...rs

-----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Plastic Beautiful
-----------------------------------

Ricardo Soares disse...

não Mila, volta correndo pra ver as imagens dos parques russos... quando vc estava postando seu comentário eu estava postando as fotos... a internet as vezes é veloz... bjs
ricardo

andrea longo disse...

Adorei o seu canto, voltarei mais vezes...beijos, andrea longo(a da russia...rsrsrs)

Rafael Pipoca disse...

Oi Mila, que se apodera de Mila, e � todas elas! Gostei muito do seu espa�o, dos seus textos. Vou ler todos eles com calma. Foi muito legal ter a sua visita.
Beij�o

Tatá disse...

Poxa vida Mila, lindas palavras...de fazer o coração disparar totalmente invadido pela emoção. Sua poesia me fez refletir muito, as vezes tenho vontade de dizer isso também: “Não te quero mais...”. Sou covarde, sabia?
Beijo grande pra você.
Adoro passar por aqui...meu dia fica mais alegre.

Vinicius disse...

mude o Não te quero por vou pensar se quero rs...
fica melhor ainda rs...

Ricardo Rayol disse...

quem seria o dominado.... intrigante