Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Diário de Bordo - Inspiração

O que seria do poeta se não fosse a possibilidade de amar?
Nem toda poesia é vida, mas inspira tal qual fosse
É o que enche o peito que se traduz em palavras
Não necessariamente o que se vive
Porque poesia é ver o belo por entre as agruras
Que há sol, por detrás das densas nuvens
É saber que mesmo em desterro se pode encontrar o encanto
Alma, poesia e poeta são como memórias...
Guardam tudo o que há de bom
para quando tempos menos auspiciosos chegarem
Ou para viver o deleite daquilo que nunca tiveram
Mas que paira indelével pelo universo...

5 comentários:

Van disse...

Poesia é gritar o que a voz cala!
É explodir o que o corpo deseja!

Lindo, Mila!
Palavras perfeitas.

Beijucas indeléveis

Renata disse...

Para mim toda poesia é vida sim. Mas assim, a vida como ela é, com suas coisas belas e tb com as nem tanto... Sei lá, poesia é um jeito de mostrar a vida por trás da vida, sabe...

bjos!

Luara disse...

Sempre o amor ...

O amor faz bem pra alma, e daí, fica tudo assim. Lindo, como suas palavras!

*¢£@üD!NhA''' disse...

Que belas palavras!
Prazer em encontrá-la...

;)

Nil Brito disse...

Se não é vida, não é poesia! Mila, vc continua um dínamo! É duro acompanhar vc, menina! Puf, puf... e olha que eu sou corredor, hein. (rs)


abs do nil