Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Diário de Bordo - Honra e Glória


De mãos e pés atados me ajoelho diante de ti
Sob teu jugo vivo e seus desígnios são mais do que ordens
Sou escrava de teus desejos e de tuas vontades
Não me restando nada além de sustentar o fardo que me é incumbido
Há quem diga que os grilhões que prendem a ti são fraquezas de minha alma
Que me escondo sob tuas vestes e me desculpo do mundo em teu nome
Há os dizem que a vida não tem sentido ou valor sem ti
E que tua existência me dignifica...
A verdade é que não posso viver sem as tuas glórias
Porque o sangue, o suor e as lágrimas que me exiges
São o pouco de mim que entrego em tua honra e minha obstinação
És os algoz do meu tempo e senhor da minha trilha
Escolhi segui-lo mesmo sabendo que muito de mim e do mundo seria sacrificado
Mas que por outro lado, somente tu sorte poderia conquistar o meu mundo
Meus desejos, vontades e fantasias só são possíveis por tua existência
E se não há deleite em te servir o tempo todo, há sempre momentos que justificam tudo
O peso de tua mão verga minhas forças, drena meus sentidos e me conduz
Vivo entre amar-te e odiar-te com todo meu ser
E sei nunca haverá alívio, pois nunca haverá escolha
Pois tua existência é minha subsistência
Teu poder é minha força, tua honra é minha glória
E te servir é minha escolha.

17 comentários:

Edna Federico disse...

Mila, vim retribuir a visita, agradecer o comentário e dizer que será bem vinda sempre que quiser.
Também vou linkar seu blog.
Beijo

Ácido Poético disse...

Hum.... gostei disso aqui... Posso provar um pouco de suas letras?

Sds,
Brunø

# thiago disse...

Nossa... q barato esse texto, Mila...

eu andei sumido esses dias, sem tempo e vontade de ler e escrever... mas qdo me deparo com textos lindos como esse, vejo q sou obrigado a voltar a rotina!

sobre a indicação lá em baixo, eu gostei mto... é bom saber q vc lembra de mim...

grande beijo e obrigado

Danni disse...

meio submisso demais não? rs!


lindas palavras


beijo moça de sorriso fácil

morg
entendeu.wordpress.com

Danni disse...

nao me pergunte porque saiu esse danni ai hehehehehe


beijo
morg

Erika disse...

submissa e entregue.

as vezes é muito bom.

beijos querida.. vc escreve que é um showww

Antonio Ximenes disse...

Mila.

Te dou em oferenda minha admiração.

Tens o dom do verbo.

Qualquer dia desses evocaremos as forças da natureza... serei um warlock e você uma feiticeira da magia branca wicca... rs... surtei... rs.

Beijos na bochecha.

Flavinha disse...

Ai, Mila... vc sabe que tenho andado exatamente assim, subserviente por opção, meio entorpecida por um sentimento que nem sei direito o que é... cada vez mais acredito que o coração é uma entidade independente. Uma força da natureza, o que ele é.

Beijos!

vinicius disse...

poxa ... vir auqi no seu blog dá saudaade da epoc qu eu ficava mexendo no morando sozinho e vendo os blogs rs....

Anne disse...

Bah, que coisa mais linda esse texto, menina!!! Belas palavras, mto bem escritas, submissão, entrega, abandono...mas se te dizer q sei exatamente do que tu tá falando eu vou estar mentindo. Não vou nem me dar ao trabalho de fazer de conta que entendi, pq tu mesma me disse q ninguém ia entender...kakaka. Mas q ficou lindo, isso ficou!
Milinhaaaaaa, morrendo de orgulho do nosso projeto, viu??? Vc é o máximo e ficou perfeito demais! Apaixonei pra sempre naquilo lá!!! Bora divulgar que eu amei de paixão...rs
Bjos, adorooooooo

BABI SOLER disse...

É muito bom ser escrava por opção,rs.
Lindo texto!

Renata disse...

nemmmmmmmmmmmmm hoje eu não quero servir ninguém, amiga!!!!

bjos!

hashmalim disse...

PACTO é o que sai nesse texto. PACTO = SUBMISSÃO = escravidão! Seria um texto sublimado? Ser escravo(a) a vontade alheia... Ser ou não ser eis a questão!?

Bjo

João Antônio disse...

Olá, quanto tempo que não venho aqui. é por pura falta de tempo, e também estou sem inspiração... não sei o que está acontecendo, estou sem idéias para escrever, por isso a ausência.

seu blog continua 10

bjo

Tatá disse...

Mila, lindas palavras...são de encher a alma e o coração de ternura. Vou voltar para ler, me tocou demais isso, viu?
Esse trecho é forte demais: "Escolhi segui-lo mesmo sabendo que muito de mim e do mundo seria sacrificado..." Fiz isso, e não me arrependo. Por enquanto tem valido a pena.
Beijos com carinho e amizade,

Tatá

Ana D disse...

Vim pela Anne e andei por aqui lendo...Gostei de muita coisa, muita coisa mesmo..Volto ! :)

Van disse...

Milla, querida.....
Tem um presentinho procê lá em casa!
Aceita?
Beijuca