Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Diário de Bordo - Vivendo e Aprendendo...

Bom Dia Tripulação!!!!!
Hoje resolvi abordar um assunto que me tocou muito ontem. Como sempre, terça é dia de maratona... primeiro vou pra Fainc e no intervalo saio voando pro Imes.... lá dou aula de Computação Gráfica para a turma de jornalismo... na turma deste ano tenho um aluno com distrofia muscular... Para utilizar o computador o aluno precisa utilizar o teclado virtual do windows, pois ele somente move uma das mãos... O que é força de vontade e não se prender aos fatidicos "limites"... o rapaz da banho em muito aluno dito "normal"... conversando com o pai dele, que se dedica exclusivamente a cuidar deste filho, percebo o quanto uma pessoa "especial" nasce em uma família especial... O rapaz esta na faculdade, apesar de todos os percalços que deve ter enfrentado em sua vida... Logicamente ele tem limitações impostas por seu corpo, mas isso não o impede de quer e fazer o melhor.... quantas vezes ouço alunos reclamando que não entender nada de editoração, que isso não entr na cabeça, que não gosta de computador e pronto... claro que de msn, orkut, blog e youtube todo mundo gosta, agora quando é pra fazer editoração, recorte de imagem, ter paciência e capricho no trabalho... ai quase niguém gosta...
Conversando ontem na saída com este pai, que disse que aprender é uma questão de quer, que não importa o número de máquinas por aluno... é verdade... o filho dele teria todas as dificuldades para acompanhar minha disciplina... mas ele gosta... é rapido... e não tem "paciência" para ficar esperando a "lerdeza" de alguns colegas... lerdeza que no fundo é falta de atenção, falta de compromisso, falta de vontade.... Ano passado, na turma de jornalismo mesmo, dei aula para um aluno com baixa visão... nada em um olho e apenas 5% na outra e diminuindo... e o rapaz adora computação gráfica... que fazer web!!!! Pleiteou e conseguiu junto a universidade a aquisição de um programa proprio para pessoas portadoras de baixa visão, que tem recursos que ampliam, via lupa, a tela do computador, melhorando a condição de visualização dos programas e recursos... impressionante é que a postura da universidade é tratar estes alunos em condições de igualdade com os demais... inclusive em provas... O que impressiona é ver que estes alunos se saem melhores que muitos outros....
A vida ensina... já sei que ano que vem terei um desafio que não faço ideia de como será... terei uma aluno cega... isso e computação gráfica pra mim é ainda uma impossibilidade... mas diante do que tenho presenciado e vivenciado pode ser apenas uma análise prematura....
O que eu realmente quis dizer com tudo isso é que as dificuldades e obstáculos, muitas vezes, estão apenas e exclusivamente em nossas mentes... que a vida pode ser mais ou menos dificil, de acordo com a forma com que encaramos as coisas, e que sentar e reclamar é apenas a forma mais simples e conformista delas...
Vivendo e aprendendo... agradeço a Deus por poder aprender todos os dias...
Bora lá pros desafios da vida!!!!
Cambio Desligo

4 comentários:

Fabio disse...

Pois é MI! Mesmo com todas as discussões sobre a questão d Inclusão...do ensino inclusivo, é tão bom ler e ver resultados. Na faculdade tinha a disciplina Ensino Incluviso e creio ter um bom material sobre o assunto se você se interessar. Confesso que tive que me posicionar em alguns momentos e era contra essa inclusão, era a favor das classes especiais....mas como vc observou no texto meu ...ERA....agora tenho dois alunos especiais em classe normal e os amo muito, no meu caso familias distantes, um deles chega ao absurdo de voltar só para casa...fico meio P...mas sei que os jogos lúdicos e as vivências estão fazendo a diferença e percebo isso num belo sorriso. Vale observar que para o ensino de artes o teatro nao é muito recomendado para alguns deficientes, uam vez que eles ano tem a capacidade de vivenciar o lúdico, mas a movimentação imposta já possibilita grandes avanços. Coisa boa ser EDUCADOR...um dia vc falou sobre isso!
Beijos de uma quarta intensa!

Juliana disse...

Pois eh Mi, não existe o impossivel para quem tem força de vontade!!!

Monalisa disse...

Mila, lindo post... Eu tenho uma amiga deficiente visual, ela é a melhor ouvinte que eu já encontrei. E estudou comigo no colegial, eu levava ela pra escola porque a irmã tinha vergonha dela. Ficamos muito amigas e eu adoro ela de coração. E o que percebi é que pessoas especiais são realmente especiais, eles tem outros dons que nós "normais" não temos. Lindo o trabalho de educador, principalmente quando se depara com um desafio desses. Beijos!

Carlinha disse...

Nossa... super lição de vida!!!
bjus