Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Diário de Bordo - Tempo...

Tempo

Tentamos medir a vida,
Tentamos medir momentos,
Tentamos medir espera...
pelo tempo...
Que tempo?
O tempo é relativo...
Passa rapido...
Passa depressa...
Passa pelo relógio...
E é o mesmo tempo...
Não pra mim ou pra você...
Mas é o tempo...
Queremos saber quando...
Queremos saber quanto...
Tempo....
Não existe tempo...
para o amor,
tempo para amar,
tempo pra partir,
ou tempo de chegar...
Porque sentimento não tem tempo...
Ele existe e só.

4 comentários:

Anne disse...

Verdade...se tem uma coisa que detesto é ter que marcar o tempo pra tudo. Hj em dia temos tempo marcado, tudo é contado, tudo cronometrado...temos tanta pressa q não sabemos aproveitar as coisas direito, momentos, sentimentos...
Eles não tem tempo mesmo...a gente é que precisa sempre achar tempo pra eles!!!
Bjos, Mila!!!

# thiago disse...

Mila,
Que grata surpresa ver seu blog!
Vim aqui pra te agradecer a visita q vc fez no meu canto e gostei mto do q vi por aqui!
Achei mto legal o texto do Dia do Solteiro... aliás, foi por aqui q fiquei sabendo q existia essa data!

Espero q vc apareça mais vezes por lá e eu com certeza estarei mtas outras vezes aqui...

beijo.

naenorocha1@hotmail.com disse...

Mila, lindo poema o que eu li no teu blog. Gostei muito. Tuas palavras ordenadas, desordenando a gente, o tempo.
Um beijo.
Naeno

esses olhos são teus?
Eu já os usei em uma poesia minha

Girassol disse...

De todos os poemas que já li sobre o tempo, nenhum fez tanto sentido para mim como este. Adorei.

Beijinho.