Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Diario de Bordo - Dois mundos

Dois mundos

Quantas vezes me perco
No turbilhão da rotina
Das urgências insanas
Realidades frias
Paisagens desertas
Objetivos, compromissos...

Quantas vezes esqueço
Que sonhos são sempre quentes
Sempre ternos
Sempre intensos
Sempre repletos de cores
Sensações, emoções, tentações,
Plenitude...

Quantas vezes me entrego
A ambos
E não me entrego a nenhum
Vivendo a dualidade,
A ambiguidade
O duelo entre razão e emoção
Entre ter e querer
Entre achar e perder
Entre saber e ter que esquecer

Quantas vezes procuro
Uma ponte entre tudo
Entre o que sou
E o que quero ser
Entre o que eu faço
E o que eu sinto
Entre o meu mundo
Que eu já conheço
E o teu
Que preciso descobrir

5 comentários:

Paula Calixto disse...

Mas a Vida não é mesmo um paradoxo?![risos]

O engraçado é que isso é gostoso!

Vou te linkar, também, viu? Gostei do seu canto cheio de autenticidade e sensibilidade![;)]

E venha mesmo a Alagoas!!! Venha pra passear porque morar só se tu já for uma milionária!kkkkkkkkk... Mas, aqui é lindo em natureza de gente e belezas naturais que encanta até Ogros![risos]

Beijos

Anne disse...

Coisa linda esse texto...vejo a beleza da vida justamente nesses paradoxos, nessa confusão, nessa bagunça de sentimentos, pensamentos, memórias, sonhos...é lindo!!!!!
Um bom restinho de semana pra vc, Mila!!! Bjos

Girassol disse...

Todos somos contestatários da nossa própria condição. Seres inconformados e insatisfeitos, em busca permanente, e eterna luta interior.

Acredito que é a forma mais verdadeira de se viver, pois a conformidade rouba-nos a capacidade de questionar, de sonhar, de nos espantarmos com as eternas novidades do novo dia.

Precisamos do sonho para colorir a nossa realidade; precisamos da realidade para dar vida aos nossos sonhos; e, precisamos andar perdidas, para que jamais desistamos de nos procurar.
Beijo.

Marcelo disse...

Saudades de vc...

Marcelo disse...

E de mim.