Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Diário de Bordo - Enquanto dormia...

Nem bem tinha aberto os olhos e já sentia a presença suave em suas costas. Ele ainda dormia a seu lado, ocupando quase toda a cama. Vestia apenas a boxer branca que ela lhe dera. Estava de bruços, como ela gostava de admirá-lo. Pegou-se a sorrir pensando na noite anterior. Olhou o quarto ao seu redor e ai estavam os indicios deixados pela volupia. As velas não ardiam mais, apenas o sol que entrava mansamente, banhando toda alcova com seu poder e revelando tudo o que antes havia sido velado. Olhou novamente para o lado e não resistiu tocar de leve as costas largas dele. Tocou de leve para não acorda-lo. Mesmo assim senti sua respiração e o calor do seu corpo. Não podia parar de sorrir e sentir seu corpo todo arrepiar. Fechou os olhos e quase sentiu-se naqueles braços fortes, envolvendo-a com vontade. quando abriu os olhos novamente, ele a olhava divertido... e veio envolve-la... e o dia... era apenas continuidade da noite.

14 comentários:

Flavinha disse...

Genteeeee... homem de boxer branca é covardia. Ainda mais assim, nessa languidez entregue do sono... nesse entorpecimento malicioso dos jogos do amor...

ai, ai...

Vc tá escrevendo que é uma coisa, mulher.

Beijos, irmã!!

Erika disse...

ai ai... como disse a Flavinha.. é completa covardia rsrs

Beijos kirida

"Oncotô? (Erika)"

Ricardo Rayol disse...

Não vou tecer comentários sobre cuecas apesar de usá-las ehehehehe

ficou demais Mila.

BABI SOLER disse...

eu adoro tudo isso, kkkk

alongar a noite na manhã, a manhã na tarde e a tarde na noite...tem coisa melhor?

Bom final e semana!

Renata disse...

A-M-E-I!!!!
Que delícia!!!

bjos e ótima hot friday pra vc!

Carmim disse...

Ah, o comentário da Flavinha falou tudo.. oh menina boa com as palavras.. rs!!!

Beijos.

Paula Calixto disse...

Que esse e outros devaneios virem atos no contínuo infinito-findo real-imaginário, assim como é, já! (;

Beijos, lindeza.

Alice disse...

OI Mila !!.... vim para retribuir sua visita e não é que me deparo com um mundo lindo e especial !!! adorei esse lugar, e literalmente "devorei" seus posts... gosto do seu estilo, da sua liberdade !
Tb estou add vc aos meus favoritos, afinal, és uma pensadora de cabeça cheia de coisas lindas !!
mil bjkas pra vc

Maria Flor disse...

O jogo das palavras é o jogo perfeito. Nos levam para o lugar que deveríamos estar. Isso é puro desejo. E é bom. Muito bom.

bjo.

Obrigada pela visita, também gostei muito do blog!

Cin disse...

Oi Mila
Obrigada pela visita e pelo link que vou retribuir com prazer para encurtar nossos caminhos.
Adorei o texto, não há sensação mais enternecedora que observar quem a gente ama dormindo.
Bjos e ótima semana!

Monalisa disse...

Pois é Dona Mila! Parece que encontramos aqui contos "pecaminosos"...rsss. Quase pensei que estava no blog do Rafa. Beijos e excelente semana para você!

Petê disse...

Preciso comprar uma boxer branca.
Gosto mais de samba-canção.

E as noites que se embrenham em dias transformados em noites que florescem, novamente, em dias. O amor tem dessas coisas...

Beijão

Fê Probst disse...

Nossa garota, que delícia.

O Profeta disse...

Inventei uma cidade colorida
Pintei um lago ao pé da tua porta
Coroei-te com diadema de sal
Lancei à sorte esta folha já morta


Boa semana



Doce beijo