Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Diário de Bordo - Direção

Sei que te deixei sozinho, perdido, ferido e parti em outra direção.
Não foi por medo ou por vingança.
Sei que agora é você quem chora, que clama minha volta.
Sei que implora as migalhas da minha atenção
E como algoz te nego tudo,
Não ouço teus apelos, tuas súplicas
Não me comovem teus pedidos de perdão ou tuas juras de amor
Por muito tempo fui eu quem me arrastei aos teus pés,
enquanto vivias apenas os teus sonhos
Hoje eu parto rumo ao desconhecido
e ainda assim me sinto mais segura do que jamais senti
E não quero pensar em você agora,
porque tantas vezes estendi minhas mãos em apelo,
quantas vezes implorei por teu afago, por teu olhar,
por um segundo amais do teu abraço.
Hoje te deixei sozinho
E finalmente me reencontrei com meu coração.

18 comentários:

Ricardo Rayol disse...

a partida é sempre um desafio e muito dolorosa.

mente fantasia disse...

Reencontrar no próprio coração... demorei quase 2 anos pra isso... mas não existe coisa melhor que escutá-lo bater de volta.

As vezes é preciso doer pra voltar a sorrir.

Se cuida e um abraço gigaaaaaaante!!!

Beijos beijos

ps. eu ainda quero um livro além das gavetas =)

Paula Calixto disse...

Reencontrar-se sempre e tentar ao máximo não se perder de vista. É tudo que alguém precisa!

Beijos, flor.

andrea longo disse...

As vezes usamos algemas invisiveis! Viva a liberdade!
beijocas

Adriana disse...

Lindos versos que eu já senti, parabéns ! saudações lancinantes, Adri
www.poetisalancinante.blogger.com.br

Anne disse...

Como eu te disse ontem, qdo vc me mandou esse texto, conheço bem esse sentimento de "perder o coração"... graças a vc, Flavinha e o apoio de outras pessoas que amo (e de mim mesma) finalmente reencontrei com meu coração e estou mais feliz do que antes, mto mais!
Obrigada por cada palavra, não só essas, mas as q vc digitou ontem. Foi fundamental pra mim e operaram uma mudança mto grande nos meus sentimentos e pensamentos...me fizeram ver as coisas de uma forma q não via, agora enchergo com clareza!!! Hj estou serena e finalmente em paz... uma paz que a tempos não sabia como era (se é q algum dia a senti assim, tão pura!)

Obrigada por vc estar na minha vida, por ser essa pessoa tão doce, tão amiga e tão especial que vc é! Amo vc, minha mana querida!

Bjos

Antonio Ximenes disse...

Mila.

Quando penso em despedida... me vemna lembrança aquela dor fina e nostálgica... aquela vontade de chorar em silêncio... deixando uma lágrima escapar escondida.

O horizonte sempre é a imagem que me vem na lembrança... um sol se pondo... e a certeza de que esta estrela irá nascer novamente amanhã... sempre.

Abração.

elvira carvalho disse...

Gostei do poema. Gostei da sua afirmação, da determinação e sobretudo do reencontro com o próprio coração. Ninguém pode ser feliz se não é dono do seu próprio coração.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Agradeço ter-me linkado. Vou fazer o mesmo. Entretanto se tiver curiosidade por conhecer Portugal, ou gostar de trabalhos manuais, dê um saltinho a
www.artdecorativa.blogspot.com
Obrigada
Um abraço

ki-colado disse...

Parece bem um desabafo de alguém que se vê e busca um relacionamento de qualidade. Eu sinto que quando um é merecedor do outro o relacionamento passa muita segurança.

Rogério Felício disse...

A vida é assim...as vezes e preciso abrir mão de alguma coisa ou algo para agente se reencontrar de novo com nosso coração!

Luciana Carvalho disse...

Lindo poema, estou em busca do meu coração, sinto que o reencontro está bem próximo.

Bjs

Carlinha disse...

Nada como reencontrar o coração!!!
isso é tudo de bom...
bjus

Edna Federico disse...

Você fez muito bem!
Chega de não amar que não nos ama, quem não nos valoriza.
Beijo

Paola a Estranha disse...

Sabe por mais dolorido que seja a partida se vai te fazer bem é o que importa!

Beijocas bonita

BABI SOLER disse...

Esse reencontro é o resultado de uma longa caminhada e quando acontece não dá mais para recuar.

beijo Mila

Branquinha disse...

Demorei pra decidir partir...
Mas quando a decisão acontece, nem as lágrimas me fazem voltar!
bjos

Century Child disse...

O maior desafio do ser humano é tentar descobrir dentro de sua essencia os mistérios escondidos nos recondidos da sua alma...