Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Diário de Bordo - Brisa sobre brasa

Como brisa sobre brasa. Assim foi você. Já não esperava nada... Não tinha a menor chance de nada acontecer. Era um dia cinza, de humor duvidoso, quase melancólico. Era um tempo onde tudo hibernava e onde a possibilidade de romper com a própria ausência era tão remota quanto imaginar que você surgiria. E num simples gesto, displicente, inocente, despretensioso, você devolveu o sorriso instantaneamente aos meus lábios, o sangue as minha veias, o suspiro ao meu peito. Era algo quase adolescente, quase irreal. Mas saber que você era, de certa forma, a materialização de um ideal poético que por acaso havia expresso, era sem dúvida brisa sobre brasa, era vida que retorna e renova, era o tangível do intangível. Foram apenas algumas palavras, que sem intenção, foram lenha para minha fogueira. Assim hoje foi você.

8 comentários:

(marta entre parênteses) disse...

lindo!!
muito lindo a tua junçao com esas imagem...
parabens,moça...
;*

Scheidex disse...

É quando menos se espera que as melhores coisas acontecem.
Sem dúvida.
Brisa pra aliviar a quentura da Brasa.
E assim é a vida.
Sempre um contraste.
^^


muito bom seu texto...
abraços
t+

BABI SOLER disse...

Essa lenha pra fogueira que aparece de repente é tão boa...

Beijos Mila

Antonio Ximenes disse...

Mila.

A Fênix renasce das cinzas... com um mero gesto de carinho de quem se espera... de quem se gosta.

Bela imagem.
Belo escrito.

Abração pra ti.

Leo disse...

O bom é que a brisa não apaga a brasa e onde tem brasa ainda pega fogo...

Beijos

Aline e Marcelo disse...

Amei o jogo de palavras. Brisa sobre brasa, é tudo que a gente quer de um relacionamento.

Bjm

Heliarly disse...

Bom o diario ta feliz hoje, apesar de tudo...!

gente vê muita paixão por aqui!

Oliver Pickwick disse...

Ei, Mila, acabei de escrever no blog da Anne que o amor está no ar e, pelo visto, no seu também. A Flavinha, eu soube, só tem assistido filmes de Meg Ryan.
Parece que o seu pink side (o termo é seu) está no comando.
Um beijo, e tenha o mais rosa dos pink side.