Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Diário de Bordo - Apenas lembranças

Apenas lembranças. Esparsas, desconexas, deslocadas no tempo e no espaço. Um vã tentativa de lembrar de tudo o que é bom, do que mantém vivo, do que embriaga e inebria. Mas apenas lembranças. Reunias com a magia da poesia e expressas com certa dose de licença poética. Longe demais do que se sente para ser alento e cruel demais com a realidade para ser manifestado. A tentativa de manter vivo também pode ser a capacidade de ferir mortalmente. O sonho acabou. Ao menos o que parecia a materialização do irreal desejo humano. O consolo é saber que nada foi inteiro e completo o suficiente para se fazer eterno, castigando ainda mais os dias de solidão. Ainda assim, foi brisa sobre brasa, mostrando vida sob as sombras.

10 comentários:

Antonio Ximenes disse...

Mila.

Antes de tudo.

"Longe demais do que se sente para ser alento e cruel demais com a realidade para ser manifestado..."

Perfeito.

Cada um escolhe uma forma de manifestar seu íntimo... e o teu íntimo buscou a escrita para manifestar-se.

Admiro quem coloca a alma naquilo que faz.

Abração.

Sig Mundi disse...

Mila, você expica o inexplicavel sim... bjs, bom final de semana, andrea

Carlinha disse...

Lembranças....
boas, que nos fazem rir...
ruins, que nos fazem chorar...

de pessoas, de lugares, de momentos....

Lmebranças são a nossa ligação com o passado né...
são coisas que ninguém pode nos tirar... nem nós mesmos...

bjus mila...

Flavinha disse...

"O consolo é saber que nada foi inteiro e completo o suficiente para se fazer eterno, castigando ainda mais os dias de solidão. Ainda assim, foi brisa sobre brasa, mostrando vida sob as sombras."

Gosto quando vc escreve assim. Cada frase é visceral, e penetra como uma lâmina - suave e cortante, dentro de quem a lê... como as lembranças que insistimos em guardar, mesmo sabendo que cada uma delas é uma pequena lâmina cravada na nossa carne dia após dia.

Amo vc seja pink, light ou dark side.

Beijo!

Oliver Pickwick disse...

Ei, Mila, acabei de sair da página da Anne, e o meu comentário - pela segunda vez esta semana, está lá, bem juntinho ao seu. Humm... desconfio que isso é o início de uma grande amizade.
Gostei desse texto denso, quase gótico, minimalista e sem plumas, aliás, compatível com o título do seu blog. Destaquei esse trecho,
escrito com nitro-glicerina pura:
"Ainda assim, foi brisa sobre brasa,/mostrando vida sob as sombras..."
Um beijo, e tenha um ótimo fim de semana!

Anne disse...

Milinha, esse vai ser o meu primeiro coment sério aqui...

Lindo esse texto, lindas as palavras, mas com uma carga de tristeza e saudade que faz a gente sentir a emoção enquanto lê. Tem mto a ver com o meu post sobre o "mundo descartável" em que vivemos...

Lembranças...vc bem sabe como elas são difíceis algumas vezes. Eu bem sei, pq tenho sentido dificuldade até pra respirar com elas em mim, mas a vida continua e o mundo não pára pra gente juntar os cacos. As vezes o vislumbre de algo maravilhoso só nos traz a dor de não poder ter aquilo em nossa vida por mais tempo. Se eu soubesse que não o teria mais, certamente, teria olhado mais naqueles olhos, teria respirado mais o perfume da pele dele e abraçado com mais força, pra não deixar q ele fosse...

Desculpe, comentário melancólico pq suas belas palavras tocaram aquele canto secreto do meu coração onde guardo as lembranças lindas de coisas lindas que já se foram...

Amo qdo vc escreve com essa sensibilidade. Sua alma linda só poderia mesmo produzir coisas assim. Amo-te mana, por tudo o q vc é e epor tudo o q significa pra mim!

Aliás, aquele seu coment me emocionou profundamente...que Deus lhe abençoe sempre, pq vc merece toda a felicidade nessa e em qualquer outra vida...

Beijos no seu coração!

hashmalim disse...

Existe certos momentos, em que pessoas, estão em situações drasticas dentro de si, que, "brisa sobre brasa é nescessario, pra dar o gosto de vida e vive-la, em quem vive nas sombras, qualquer que seja o que tenha ou motiva viver na sombra!

Beijo!

CeiSa disse...

"O consolo é saber que nada foi inteiro e completo o suficiente para se fazer eterno, castigando ainda mais os dias de solidão. Ainda assim, foi brisa sobre brasa, mostrando vida sob as sombras."

Puts! Perfeitooo!!!

Erika disse...

vc pega o coração da gente e destrincha nas suas palavras... mininaaaaa.... como c faz isso?

destrinchou-me toda ali.

beijos

www.oncoto.erikamurari.com.br

mente fantasia disse...

Coloquei na cartinha do Papai Noel: Eu quero um livro da Mila!!! (ele não costuma decepcionar as crianças rsrs)

Você é fera! Adooooooro!

Beijossssssss