Bem Vindo ao Meu Mundo Estranho... aqui você não vai encontrar nada que tenha que fazer sentido... pois esta é uma manifestação do meu consciente/inconsciente... id, ego e superego... das minhas alegrias, meus medos, incertezas, loucuras e travessuras... afinal... me disseram que a beleza esta no caos...

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Fardo e Glória

Vergou sob o peso em seus ombros. Sentia o peso do mundo e algo mais. Tentou respirar profundamente e mal conseguiu ar para se manter. O peito oprimido não lhe dava escolha. Era tudo muito duro, tudo muito intenso. Sentia o pescoço estalar ante a rigidez absurda de seus músculos.
Quem olhava de longe não poderia crer no peso que carregava, pois nada era visível. E ainda assim, não menos opressor ou real.
Estranhamente, parte daquilo era o que sempre sonhara. São as controvérsias do mundo ou a relação entre mundo interior e exterior. Não era hora para divagações. Ergue-se sobre os joelhos tropegos e pôs-se a andar. Doce salgado suor. Fardo e glória.

11 comentários:

Anne disse...

Será por isso que dizem que devemos ter cuidado com o que desejamos? Mas sinceramente, grandes responsabilidades também trazem com elas o reconhecimento da nossa capacidade de realizar grandes coisas, lembre-se disso!

Tenho certeza que vc vai dar conta de tudo o que precisar realizar, maninha!!! Sei que está corrido, mas cada coisa a seu tempo se resolve.

Obrigada pela sua ajuda, pelo seu apoio e pelo seu amor, sempre. Mesmo quando me atrapalho nas palavras, vc sabe o quanto amo vc!

Beijos, minha querida!!!

LindaRê disse...

Toda glória só vem com a dor..
Bjs

Flavinha disse...

É verdade, com a glória vêm as dores. Vem o corpo cansado das batalhas, o coração ferido pelas dificuldades, os olhos vermelhos de choro e vigília... mas os lábios sorriem e o espírito se regozija, vitorioso.

Beijos, mana querida. Amor daqui :)

Nathália disse...

São exatamente estes paradoxos que fazem tudo ficar mais interessante. E gratificante.

Beijo!

Cara de 30 disse...

O pior dos fardos é aquele que temos que carregar sozinhos e não é visível para os demais seres humanos... Talvez os cachorros e gatos os vejam mas não os humanos. :)

Siga o seu caminho e tenho certeza de que seu fardo diminuirá de tamanho a medida que enxergar a glória mais de perto...

Thiago disse...

nosso fardo nunca é maior que nós mesmos! Força!

Jeniffer Santos disse...

é isso...
depois de um longo trabalho,pode vim sim uma boa recompensa ;D

beijos

Lilith disse...

E quantas pessoa passam por nós, ou até mesmo convivem conosco, carregando tudo esse peso sem que sequer percebamos...

Mas se prestassemos mais atenção aos que "passam" por nós, talvez com uma simples palavra, um simples sorriso, um simples gesto, poderiamos aliviar um pouco desse fardo de suas costas.

Seria um mundo melhor...

Lindo texto

Bj imenso

Tiago Soarez disse...

Concordo com o comentário do Tiago, Mila.

E esses dias eu li no blog da Joice um post q ela falava sobre fardos.

Nada é por acaso. Dias melhores virão.

janelasdavida disse...

Como disse o poeta: Viver é muito perigoso... Não é fácil!

Mas, "De Tudo Ficam Três Coisas:
A certeza de estarmos sempre começando
A certeza de que é preciso continuar
E a certeza de que podemos ser
Interrompidos antes de terminarmos.

Portanto:

Fazer da interrupção um caminho novo,
Da queda um passo de dança,
Do medo uma escada,
Do sonho uma ponte,
Da procura um encontro.

Fernando Sabino"

Tenha um ótimo fds! Bjs

pimentinhabm disse...

me lembrou o filme o grito!
kk
bjus